Além do Chile, Bolívia cogita ser uma das sedes da Copa do Mundo-2030


A candidatura para sediar a Copa do Mundo-2030 já tem três países pré-definidos: Argentina, Paraguai e Uruguai. Porém, essa união de sul-americanos pelo direito de receberem o Mundial pode ser potencializada com a chegada de outras duas nações como Chile e, agora, a Bolívia.

Leia mais: Time feminino do Boca Juniors vai disputar o primeiro jogo na La Bombonera
Estabelecido no Bordeaux, Otávio mira seis pontos nos dois próximos jogos

Na última semana, o presidente Sebastián Piñera postou em sua conta oficial na rede social que, ao lado das autoridades máximas dos três países já fixados na candidatura, apresentará a proposta incluíndo as quatro nações a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) e também a FIFA.

Agora, quem também comentou sobre o tema em entrevista dada ao portal Página Siete pelo Ministro dos Esportes da Bolívia, Tito Montaño. Para ele, a decisão dos bolivianos será tomada mediante as avaliações de reunião que ocorrerá nessa semana na cidade de Montevidéu.

“Fomos convocados pelo comitê de postulação para uma reunião na quarta-feira (20), no Uruguai, onde estaremos desde a manhã para uma série de reuniões nas quais também buscaremos apoio para o país. Pediremos para ser subsede do Mundial 2030. Veremos as possibilidades e conheceremos os detalhes da organização.”



Fonte: Lance