Alinne Moraes comenta sina de interpretar duas personagens na mesma novela: ‘É desafiador’ | Pop & Arte


Duas novelas e quatro personagens. O trabalho “dobrado” de Alinne Moraes aconteceu em “Além do Tempo” (2015) e se repete em “Espelho da Vida” (atual novela das 18h).

As duas tramas abordam a temática espírita e trazem os atores em duas fases. Ou melhor, duas vidas.

“Além do tempo” e “Espelho da Vida” são de Elizabeth Jhin, autora que costuma abordar o tema espiritismo.

“Eu gosto de boas histórias e de personagens bem construídas. Ela sempre conduz muito bem a trama, sou fã dela”, comenta Aline em entrevista ao G1. “É desafiador dar vida a duas personagens em uma única novela”.

Em “Espelho da Vida”, Alinne é Isabel no presente e Dora na vida passada. Além dos dois tempos, a novela relembra cenas da personagem de 10 anos atrás, época em que Isabel fugiu com outro homem às vésperas de seu casamento. Mas será que a trama passada em três tempos não dá um nó na cabeça da atriz?

“Não bagunça porque estamos muito envolvidos no projeto, mas é mais difícil quando temos que gravar as duas fases no mesmo dia, às vezes minutos depois uma da outra”.

“São épocas muito distintas, simultaneamente. Bem diferente de ‘Além do Tempo’, em que as duas fases não se misturaram”.

Alinne Moraes e João Vicente de Castro são Isabel e Alain em 'Espelho da Vida'. — Foto: Globo/ João Miguel Junior Alinne Moraes e João Vicente de Castro são Isabel e Alain em 'Espelho da Vida'. — Foto: Globo/ João Miguel Junior

Alinne Moraes e João Vicente de Castro são Isabel e Alain em ‘Espelho da Vida’. — Foto: Globo/ João Miguel Junior

A versatilidade de uma vilã

Na história presente de “Espelho da Vida”, Alinne é uma jornalista. As visitas frequentes a redações para conceder entrevistas a ajudou na construção da personagem.

“Realizamos muitas leituras, foi um intenso trabalho de mesa, investigamos os objetivos em cenas, a história, os sentimentos e as relações das personagens. A Isabel faz um pouco de tudo, trabalha na livraria da Margot, é fotógrafa e escreve uma coluna para o jornal cobrindo eventos”.

“Já visitei muitas redações, a Globo é uma delas. Meu pai foi jornalista em Londrina e isso ajudou um pouquinho na composição também”. A atriz conheceu o pai aos 22 anos. Ele morreu 8 meses após o encontro.

Mas além da duplicidade, Isabel é uma vilã, papel que Alinne confessa adorar interpretar.

“Adoro vilãs, tudo é possível em suas ações e emoções. Ela pode ser mil coisas em uma só. Quando canso da vilã, faço ela meiga, uma falsa mocinha e às vezes brinco apenas com a vilania mesmo”.

“É delicioso ter vários caminhos, poder perder as estribeiras em cena, não ser toda certinha. Ir do oito ao 80 em segundos, gritar, se jogar… Essa montanha russa é bem divertida. Gosto de adrenalina no meu trabalho”.

Déjá-vu fora das tramas

“Espelho da vida” fala muito de déjá-vu (expressão para descrever a sensação de que já passamos por aquela situação em outro momento). Alinne já passou por isso na vida real.

“Já tive déjà vu, já senti que conhecia uma pessoa há muito tempo. Meu marido é um exemplo. Já nos conhecemos há bastante tempo, mas não registramos onde fomos apresentados”.

Alinne Moraes e o marido, Mauro Lima — Foto: Reprodução/Instagram Alinne Moraes e o marido, Mauro Lima — Foto: Reprodução/Instagram

Alinne Moraes e o marido, Mauro Lima — Foto: Reprodução/Instagram

“Espelho da Vida” não tem uma cidade cenográfica. As filmagens têm quatro cidades mineiras como base. Uma delas é Mariana, que há três anos sofreu com o rompimento da Barragem de Fundão, da mineradora Samarco.

“Muito triste o que aconteceu, um crime ambiental, o maior e mais horrível e até hoje não solucionado. Estamos gravando no centro de Mariana, que está intacto. É uma cidade linda e as pessoas são maravilhosas, nos receberam de braços abertos”.

Alinne é mãe de Pedro, de 4 anos, e lamenta a correria com as viagens frequentes.

“É delicado, porque os Estúdios Globo já são longe de casa, e mudei para o Rio pra ficar perto do trabalho. Ter que viajar me desestrutura um pouco porque meu filho é pequeno”.

“Do elenco, sou a única que fica no bate-e-volta, não consigo ficar mais de dois dias longe de casa, o que é mais cansativo. Mas está valendo a pena, gosto do resultado na TV”.

Apesar de faltar alguns meses Alinne, já tem planos para o fim da trama: “Colocar minha vida em ordem e curtir a família full time”.

“Quando fazemos novela, costumo dizer que a gente entra numa máquina do tempo, se despede dos amigos e só volta um ano depois. As gravações são sempre intensas, diariamente chego do trabalho em casa e decoro até 2h, 3h da manhã as cenas do dia seguinte”.

“Não sobra tempo pra vida pessoal. Quando a novela termina, coloco toda minha vida em dia, e esse é o meu próximo projeto”.

Alinne Moraes — Foto: Reprodução/Instagram Alinne Moraes — Foto: Reprodução/Instagram

Alinne Moraes — Foto: Reprodução/Instagram



Fonte: G1