Aproveite os melhores restaurantes com cardápio variado em Salvador


Origem – 1º lugar nas categorias Variado/Contemporâneo e Melhor da Cidade

Os clichês da culinária baiana não têm lugar no restaurante de Fabrício Lemos, com o qual ele fatura o título de chef do ano pela terceira vez. No endereço, que abre somente no jantar, o cozinheiro propõe uma experiência única com seu menu degustação de catorze etapas, que custa R$ 160,00 por pessoa, ou R$ 300,00, se harmonizado com vinhos. A aventura gastronômica começa com um shot de cachaça Rio do Engenho, de Ilhéus, incrementado com alguma fruta da época, como caju e jenipapo — eis a primeira provocação, que evoca a onipresença das roskas no estado. Na sequência, chega à mesa o abarajé, um abará que é frito depois de empanado. “Veio à Bahia e quer comer acarajé? Tudo bem, mas não precisa ser exatamente como sempre”, justifica o chef. A refeição continua com uma série de entradinhas que podem incluir receitas como vinagrete de manga verde e carne de fumeiro salteada com abobrinha. Dois pescados e duas carnes costumam se destacar nos quatro pratos eleitos como principais. Servem de exemplo o polvo cozido finalizado na chapa com aïoli de tinta de lula, pimenta doce e picles de cebola-roxa; o badejo grelhado com purê de castanha-de-caju, caldo de lambreta e ora-pro-nóbis; a carne de sol com ravióli de gema de codorna, rúcula e cogumelos; e a costela servida com musseline de mandioquinha e quiabo. Em seguida, a chef pâtissière Lisiane Arouca, mulher de Lemos e responsável também pelos acepipes, traz um sorvete para limpar o paladar, como o que é feito com maracujá-do-mato, e duas sobremesas. Uma delas pode ser o bolo de chocolate com musse acompanhado de creme de pudim, licuri crocante, sorvete de aridan e uma espécie de gelatina de mel de cacau. É bom saber: o cardápio muda diariamente, de acordo com a oferta dos ingredientes, e, dado o pequeno tamanho do restaurante, as reservas geralmente se esgotam com duas semanas de antecedência. Quem não se importa de jantar por volta das 22h30 pode deixar o nome numa lista de espera por ordem de chegada. E, enquanto não chega a sua vez, saborear drinques como o lampião, feito com cachaça, cajá, mel e cravo (R$ 27,00). Alameda das Algarobas, 74, Pituba, ☎ 99202-4587 (50 lugares). 19h30/0h (fecha dom. e seg.). Aberto em 2016. $$$$

Adam Cozinha

Originária A cozinha de Adam Schnitman reflete as experiências do chef soteropolitano em países como Canadá, Bélgica e Israel, além do Brasil. Novidade no cardápio, o risoto de cordeiro com molho de harissa, um tempero picante à base de pimentão vermelho, cebola-roxa e tomate (R$ 49,90), já faz sucesso entre a clientela. Entre as entradas, os dadinhos crocantes de queijo de coalho são servidos com mel de pimenta (R$ 21,90). Para arrematar, peça o brownie de chocolate artesanal baiano da marca Mendoá com nozes e sorvete de menta (R$ 19,50) ou o coquinho frozen, bebida cremosa de coco preparada na máquina de sorvete (R$ 18,00). Rua Edith Mendes da Gama e Abreu, 189, Pituba, ☎ 3506- 3191 (102 lugares). 12h/15h e 17h/23h. Aberto em 2014. $$

Amado – 2º lugar Variado/Contemporâneo

Instalado em um antigo trapiche, este restaurante de salão amplo e elegante oferece uma bela vista para a Baía de Todos-os- Santos. O cardápio, assinado pelo experiente chef Edinho Engel, sugere pratos como o badejo grelhado ladeado por risoto cítrico com camarão e aspargo fresco (R$ 117,00). Entre as sobremesas, o mil-folhas de morango combina o creme de chocolate branco com sorbet da fruta fresca e crocante de castanha (R$ 25,00). Para beber, há vinhos em garrafa, a exemplo do Luiz Argenta Blanc (R$ 115,00), da Serra Gaúcha, ou em taça, caso do chileno Viu Manet Sauvignon Blanc (R$ 34,00). Avenida Lafayete Coutinho, 660, Contorno, Comércio, ☎ 3322- 3520 (75 lugares). 12h/0h (dom. até 17h). Aberto em 2006. $$$$

Barravento

A vocação da casa são os pratos para dividir — não à toa, o cardápio tem uma seção batizada de A Grande Família, com pratos para até quatro pessoas. De inspiração variada, aparecem ali o penne ao molho de camarão (R$ 219,90) e o combinado da terra, com filé-mignon, carne de sol, carne de fumeiro e meio galeto, acompanhados de arroz, vinagrete, farofa e batata frita (R$ 199,90). Na ala vegana, que é novidade, há sugestões como o quarteto de hambúrgueres de grão-de-bico em tamanho míni, com rúcula e tomate (R$ 29,50, acompanhado de batata frita). Para beber, o êxtase (R$ 22,90), feito com vodca, licor de maçã verde, limão-siciliano, gengibre e soda, tem boa saída. Em tempo: conta com uma brinquedoteca para entreter as crianças. Avenida Oceânica, 814, Barra, ☎ 3247-2577 (350 lugares). 11h/0h (dom. 11h/19h). Aberto em 1964. $$$

Bella Gourmet

Com massas artesanais produzidas no próprio restaurante, o carro-chefe do cardápio é o espaguete ao molho alfredo (com creme de leite e parmesão) e camarões, servido dentro de uma cestinha de queijo (R$ 75,00). Os carnívoros podem apostar no filé-mignon grelhado ao molho de jabuticaba, acompanhado por ravióli verde na manteiga de sálvia (R$ 75,00). De terça a sexta, no almoço, trabalha com opção de menu executivo (entrada, prato principal e sobremesa), a R$ 59,90 por pessoa. Entre as sobremesas, o dadinho de tapioca com doce de leite e sorvete de creme (R$ 22,00) é campeão de vendas. Prefere um docinho alcoólico? Peça a sorveroska, drinque com sorvete de cupuaçu e vodca (R$ 20,00). Rua Minas Gerais, 784, Pituba, ☎ 3345-2598 (75 lugares). 12h/17h e 19h/23h (dom. só almoço até 17h; ter. só almoço até 15h; fecha seg.). Aberto em 2007. $$$

Bistrot Du Vin

Misto de restaurante e loja de vinhos, o que não faltam são sugestões de rótulos para harmonizar com os pratos da casa — há mais de 350 opções da bebida, entre elas os chilenos Marques de Casa Concha (R$ 149,90) e Idomita Carménère (R$ 68,00). O polvo à feira (R$ 59,90), temperado com páprica e azeite, abre alas para o prato mar e terra (R$ 69,90), que leva à mesa lagosta e medalhão de filé-mignon grelhados e servidos com brócolis, tomate e batata. Outro destaque é o filé à chateaubriand (R$ 77,90), com molho poivre, risoto de queijo brie e farofa de castanha. Para compartilhar, o combinado de frutos do mar grelhados vem com lagosta, polvo, camarão, mexilhão, lula mais legumes (R$ 280,00) e é suficiente para duas pessoas. Rua Minas Gerais, 784, Pituba, ☎ 3231-1933 (98 lugares). 12h/0h (dom. até 17h). Aberto em 2011. $$$$

Casa Di Vina

Instalado na casa onde moraram o poeta Vinicius de Moraes e a atriz Gessy Gesse, o restaurante tem receitas assinadas pela antiga proprietária do imóvel. É o caso do frango à gesse e vina, feito no forno e acompanhado por banana-da-terra, arroz com brócolis e farofa de ovo (R$ 52,00). Também criado por ela, o drinque tarde em itapuã combina sorvete de coco verde com vodca (R$ 23,00). Para petiscar, tem boa saída o carpaccio de polvo, servido com pães artesanais e pimenta (R$ 45,00). Já o gelato de gorgonzola com creme de goiaba (R$ 21,00, duas bolas) cai bem na hora da sobremesa. Todo último sábado do mês há música ao vivo com renomados artistas da cena baiana. Rua Flamengo, 44, Itapuã, ☎ 3014-8730 (150 lugares). 12h/23h30 (dom. até 22h). Aberto em 2015. $$

A Casa Vidal

Comandada pelo espanhol Juan Vidal, que empresta o sobrenome à casa, tem cardápio variado, com o filé wellington (R$ 78,00), filé-mignon envolto em massa folhada, presunto cru e cogumelos, entre os carroschefe. Outra receita popular entre os habitués é o carré de cordeiro em crosta de ervas, que ganha a companhia de risoto de funghi (R$ 76,00). De entrada, o steak tartare chega à mesa guarnecido de torradas ou batata frita (R$ 47,00). Já no capítulo das sobremesas, o petit gâteau de chocolate (R$ 23,00), servido com sorvete de coco, e a torta de maçã com sorvete de creme (R$ 23,00) lideram os pedidos. Rua Afonso Celso, 294, Barra, ☎ 3565-8008 (40 lugares). 19h/23h (sex. e sáb. 12h/0h; fecha dom.). Aberto em 2014. $$$

Cedro

Dentro de um hotel, o restaurante funciona também para o café da manhã (das 6h às 10h), e não só para almoço e jantar. O cardápio é internacional, mas não abre mão de pitadas regionais para agradar aos turistas em busca de pratos típicos. No almoço à la carte, comece com a berinjela ao forno com molho pomodoro e mussarela (R$ 22,00), seguida do fettuccine ao molho funghi e camarões (R$ 59,00). Na ala das carnes, a sugestão é o filé à chateaubriand ao molho de pimenta-rosa com purê de mandioquinha e palmito grelhado (R$ 64,00). Rua Doutor José Peroba, 244, Stiep, ☎ 3617-3300 (150 lugares). 6h/10h e 12h/15h e 18h/22h. Aberto em 2012. $$$

Coentro Cozinha Afetiva

Ingredientes frescos e orgânicos são a alma da cozinha de Karine Poggio, e, por isso, o cardápio do restaurante muda semanalmente. Entre os pratos com frutos do mar, vedetes na casa, há chances de encontrar o camarão flambado na cachaça com vatapá de banana-da-terra (R$ 64,00). O azeite de pápricas doce e picante com açafrão, criação da chef, substitui o dendê no abará com molho lambão (R$ 6,00 a unidade). Na carta de vinhos, que também preza produtos orgânicos e biodinâmicos, o Faccin 3 Castas, espumante natural do Rio Grande do Sul (R$ 150,00), é boa pedida para harmonizar. Rua Marquês de Caravelas, Barra, ☎ 99181-0669 (28 lugares). 12h/16h e 19h/0h (qua. e dom. só almoço; fecha seg. e ter.). Aberto em 2017. $$

Confraria das Ostras

Vindas de Florianópolis, as ostras (assim como os mexilhões, vôngoles e vieiras), estrelas na cozinha do restaurante, são servidas in natura ou gratinadas e abrem alas para pratos como o risoto de alho-poró, camarão, queijo brie e amêndoas (R$ 76,00). Novidade no cardápio do chef Marcos Lerner, a linguiça de pato é servida com geleia de pimenta defumada e queijo meia-cura de ovelha (R$ 24,00, para duas pessoas). Para adoçar, aposte no abacaxi grelhado com raspas de limão e sorvete de creme (R$ 15,00). Entre as sugestões da carta de vinhos, o chileno Cosecha Tarapacá Chardonnay (R$ 64,00) é boa pedida para acompanhar os pratos do menu. Rua Fonte do Boi, 8, Rio Vermelho. ☎ 3334-7504 (47 lugares). 12h/0h (dom. até 22h). Aberto em 2006. $$$

DASS

Destaque no cardápio, o trio marina piccola (R$ 78,00) é uma mistura de frutos do mar, com lagosta, polvo, camarão, batatas marinadas e vinagrete, ótimo para petiscar com torradas. A casa oferece serviço à la carte, além do almoço executivo (R$ 59,00), que abarca pedidas como filé-mignon à parmigiana, medalhão de filé grelhado e nhoque de gorgonzola. Para acompanhar, vai bem o vinho argentino Catena Zapata (R$ 188,00). A jarra de clericot (R$ 32,00) combina frutas da estação a vinho branco e conhaque. Entre as sobremesas, são populares o petit gâteau (R$ 20,00) e a torta de maçã (R$ 20,00 a fatia). Avenida Lafayete Coutinho, 1010, Bahia Marina, Comércio, ☎ 3011-2410 (140 lugares). 11h30/23h (sex. e sáb. até 2h). Aberto em 2013. $$$

Du Chef Arte e Gastronomia

Lucius Gaudenzi é o chef por trás dos pratos de inspiração variada e apresentação contemporânea. Entre os destaques do cardápio, o honolua traz camarões grelhados com presunto copa, clássica mistura surf and turf (mar e terra), acompanhados por linguine ao molho branco (R$ 74,80). Já o nazaré, carré de javali confitado, chega à mesa ladeado por repolho-roxo assado com jamon ibérico e especiarias (R$ 56,90). Para beber, a limonada du chef combina limão, água de coco e toque de gengibre (R$ 13,90), enquanto o manly, opção alcoólica, leva rum, limão, hortelã e infusão de gengibre (R$ 22,90). Rua Afonso Celso, 70, Barra, ☎ 3042-4433 (70 lugares). 12h/15h e 19h/23h (sex. e sáb. sem intervalo 12h/1h, dom. só almoço 12h/17h; fecha seg.). Aberto em 2016. $$$

Egeu – 3 º lugar Melhor da Cidade

Com vista para o mar, o refinado restaurante oferece cardápio de acento mediterrâneo, com destaque para as receitas com frutos do mar. Para começar, peça o atum selado com cebola caramelada e alho-poró crocante (R$ 46,00, para quatro pessoas). Entre os principais, a lagosta (R$ 86,00) é servida com risoto de limão-siciliano, enquanto o polvo grelhado (R$ 80,00) chega à mesa com risoto de pera, damasco e gorgonzola. Ideal para uma refeição em família ou amigos, o prato inteiro de fettuccine ao molho funghi (R$ 268,00) satisfaz até quatro apetites. A carta de vinhos traz 74 rótulos, como o branco californiano Woodbridge Chardonnay (R$ 97,80) e o tinto português Paulo Loureano Vinhas Velhas (R$ 132,90). Avenida Sete de Setembro, 2830, Barra, ☎ 99329-3220 (100 lugares). 12h/2h (ter. e qua. até 0h; dom. até 20h). Aberto em 2017. $$$$

Lafayette

Com vista privilegiada para a Baía de Todos-os-Santos, o refinado restaurante tem cozinha calcada em bases mediterrâneas. O atum selado com camarão crocante (R$ 84,00), servido com molho tarê e purê de batata aromatizado com raiz-forte e nirá, está entre os mais pedidos do cardápio ao lado do bife ancho de angus (R$ 84,00) guarnecido de purê de bananada- terra, cebolas tostadas e farofa. Entre as sobremesas, a prince noir é uma musse de chocolate recheada com morangos e sorvete de chocolate (R$ 19,00). Já o rolinho crocante de banana e doce de leite (R$ 18,50) vem com sorvete de creme, farofa e ganache de chocolate. Avenida Lafayete Coutinho, 1010, Bahia Marinha, Comércio, ☎ 3321-4637 (160 lugares). 12h/15h e 18h/0h (sex. e sáb. sem intervalo até 1h; dom. sem intervalo até 0h). Aberto em 2015. $$$

Larriquerrí – 3º lugar Variado/Contemporâneo

Bem-humorado, o nome deste gracioso bistrô é a versão traduzida para o “baianês” de La Rue de Rire (segundo a casa, a rua que ri, em francês). No cardápio da chef Rosa Guerra, faz sucesso o robalo com manteiga ghee de ervas, arroz negro e farofa de amendoim (R$ 59,00), que pode ser precedido pelas trouxinhas de carpaccio recheadas de ricota fresca, molho pesto e parmesão. Aos domingos, trabalha com cardápio especial, com pedidas como a feijoada (R$ 65,00) e o bobó de camarão (R$ 58,00), ambas para duas pessoas. A carta de vinhos com mais de 100 rótulos é assinada pela sommelière Patrícia Penha e lista opções como o riesling alemão Dr. Loosen (R$ 139,00). A cheesecake de queijo de cabra com compota de goiaba (R$ 18,00) faz bonito no arremate. Praça Alexandre Fernandes, 26, Garcia, ☎ 3043- 0934 (45 lugares). 19h30/23h30 (dom. 12h/16h; fecha seg.). Aberto em 2014. $$

Maria Mata Mouro

Numa casa construída no século XVII, com as paredes de taipa de pilão, o restaurante tem mesas ao livre no pequeno jardim com fonte d’água. Nesse clima romântico, experimente os pratos com peixes e frutos do mar, que são destaque no cardápio. O bacalhau mata mouro é servido em lascas, com alhos tostados, azeitonas e brócolis (R$ 91,00). Já o camarão imperial (R$ 102,00) é grelhado ao molho de soja e escarola e guarnecido de risoto de cogumelo. A carta de bebidas inclui vinhos e cervejas como a Eisenbahn (R$ 18,00). De sobremesa, a torta supremo de chocolate é feita com biscoito champanhe embebido em licor de menta (R$ 21,00). Rua da Ordem Terceira, 8, Pelourinho, ☎ 3321-3929 (60 lugares). 12h/23h. Aberto em 1993. $$$

Mignon Place

Com 23 anos de carreira no serviço de bufê, a quituteira Ana Lúcia Martins decidiu abrir o restaurante em 2013 juntamente com a filha Bruna. Num salão refinado, trabalha com um caprichado bufê a quilo (os preços vão de R$ 119,90 a R$ 129,90) no almoço. Os pratos variam dia a dia, mas o lombo de bacalhau ao azeite de ervas e a polenta com ragu de rabada, queridinhos da clientela, têm presença garantida. Não vá embora sem fazer um pratinho de sobremesa (R$ 129,90 o quilo) — o mil-folhas de goiabada com catupiry e o pudim de pistache são destaques. Para beber, peça um suco natural de tangerina. Rua Engenheiro Alexandre Maia, 3, Graça, ☎ 3012-0707 (134 lugares). 11h/16h. Aberto em 2013. $

Oliva Gourmet

Com serviço à vontade, o bufê de saladas, massas e outros pratos quentes sai por R$ 42,90 no almoço de segunda a quinta ou por R$ 52,90 nos fins de semana e feriados. Entre as receitas que podem dar as caras por ali (as opções mudam diariamente), torça para encontrar o ravióli oliva, com recheio de batata e manteiga de sálvia, e a lasanha vegetariana, incrementada com vegetais, cogumelos shimeji e shiitake, queijos brie e mussarela. No jantar, faz sucesso o rodízio de massas e pizzas (R$ 34,90 de segunda a quinta e R$ 43,90 de sexta a domingo). Para beber, aposte no vinho tinto Primitivo di Manduria (R$ 142,24). Salvador Shopping, ☎ 3019- 0201 (127 lugares). 11h30/22h. Mais três endereços. Aberto em 2007. $$$

Paris 6

Batizados com o nome de artistas brasileiros, os pratos do cardápio somam mais de 200 opções. O chorão, que leva o nome do antigo vocalista da banda de rock Charlie Brown, é um medalhão de filémignon com molho rôti e cogumelo shiitake, servido com risoto de queijo brie (R$ 82,00). De entrada, os pasteizinhos de queijo brie com geleia de pimenta e damasco (R$ 38,00, seis unidades) têm o nome de Camilla Camargo, filha do cantor Zezé Di Camargo. Não saia sem provar os famosos grands gâteaux, sobremesa que mescla bolo, cremes e coberturas e chega à mesa com um picolé. A marca paulistana tem unidades em outras capitais brasileiras. Shopping da Bahia, ☎ 3450-2998 (110 lugares). 11h/23h (sex. e sáb. até 0h). Aberto em 2018. $$$

Pereira

Numa mansão em estilo colonial na região da Vila do Pereira (como era chamada em 1535), o restaurante trabalha com cardápio contemporâneo e destaca as receitas com peixes e frutos do mar. Salteado na manteiga de garrafa, com vinho branco, raspas de limão-siciliano, salsinha e alho, o camarão praiano (R$ 48,00) está entre os pratos mais pedidos pela clientela. O polvo à vinagrete (R$ 72,00) acompanhado de pão rústico abre alas para o salmão grelhado (R$ 70,00), preparado em baixa temperatura ao perfume de limão-siciliano. Para adoçar, aposte no biscuit de chocolate com Nutella e avelãs (R$ 24,00). Avenida Sete de Setembro, 3959, Barra, ☎ 3264-6464 (200 lugares). 12h/16h e 17h30/2h (fecha seg.). Aberto em 2004. $$$

Riz Bistrot & Risoto

Apesar do cardápio variado, com boa oferta de grelhados e massas, não dá para sair do restaurante sem provar ao menos um risoto, especialidade da casa. O de cordeiro (R$ 64,00), por exemplo, é incrementado com folhas de hortelã e mostarda de Dijon. Já o de cogumelos leva vinho tinto e é finalizado com queijo brie. Antes, peça uma porção de arancini (R$ 37,00), cremosos bolinhos de risoto de abóbora com parmesão e carne-seca crocante. Para adoçar, a cheesecake de chocolate branco e frutas vermelhas e o brownie de chocolate, nozes e raspas de laranja (R$ 20,00 cada um) são pedidas certeiras. Rua das Hortênsias, 966, loja 2, Pituba, ☎ 3019-2800 e 98666-0414 (50 lugares). 11h30/22h (sex. e sáb. até 0h; fecha seg.). Aberto em 2014. $$

Salvador Dalí

Enquanto aproveita a vista para o mar, peça a lagosta do chef (R$ 134,90, para duas pessoas), incrementada com camarões grelhados, arroz com brócolis e legumes. O camarão mediterrâneo (R$ 53,90), servido com espaguete ao molho de limão, tomate e alcaparras, e o filé ao poivre (R$ 54,90), molho clássico à base de creme de leite e pimentado- reino, acompanhado de batata gratinada, também são boas pedidas. Da carta de bebidas, arremate o vinho tinto português Quinta do Gradil Blend (R$ 101,00). Entre as sugestões de sobremesa, a banana caramelada (R$ 14,90) chega à mesa ladeada por uma bola de sorvete. Rua Borges dos Reis, 11, Rio Vermelho, ☎ 3335-4593 (180 lugares). 13h/15h e 19h30/23h30 (sex. e sáb. 12h/16h e 19h30/0h; dom. só almoço 12h/16h). Aberto em 1996. $$

Solar

Novidade no cardápio da chef Andrea Nascimento, a tábua mar e terra, com frutos do mar (lula, polvo e camarão) e legumes (brócolis, alho-poró e abobrinha) grelhados, é boa pedida para compartilhar (R$ 149,00, para duas pessoas). Ela pode abrir o apetite para o camarão catharino, que traz os crustáceos grelhados e servidos com purê de mandioquinha e molho de jabuticaba. Para adoçar o fim da refeição, o crumble de maçã com castanhas, feito no forno com canela e açúcar (R$ 17,00), pode vir em companhia de uma bola de sorvete de creme (R$ 25,00). A carta de drinques lista receitas como o pink romade, com gim, suco de limãosiciliano e xarope artesanal de romã (R$ 19,00). Rua Fonte do Boi, 24, Rio Vermelho, ☎ 3012-9360 (100 lugares). 11h30/23h (qui. a sáb. até 0h; fecha seg.). Rua da Graça, 284, Graça, Palacete das Artes (100 lugares). 11h30/21h30. Aberto em 2010. $$$

Veleiro

O restaurante fica dentro do Yacht Clube da Bahia, mas é aberto ao público em geral. Debruçado sobre o mar e cercado por janelões de vidro, o salão passa ao cliente a sensação de estar a bordo de um navio. Para seguir no clima marítimo, peça o polvo à provençal incrementado com aïoli de páprica e servido com rosti de batata- doce, legumes, tomate confit e azeite de ervas (R$ 93,00). Se pintar dúvida na hora da sobremesa, vá sem medo na trilogia regional, que reúne quindim, cocada de maracujá e manjar brûlé (R$ 29,00). De segunda a sexta trabalha com opção de almoço executivo (R$ 58,00). Avenida Sete de Setembro, 3252, Ladeira da Barra. ☎ 2105-9131 (180 lugares). 11h30/0h (seg. só almoço até 16h; dom. até 18h). Aberto em 1973. $$$$

Villa Bahia

No Largo do Cruzeiro do São Francisco, o restaurante atrai clientela fiel em busca do seu menu executivo (R$ 69,00, com entrada, principal e sobremesa). As opções de principal, sempre uma com carne, uma com peixe e uma vegetariana, mudam a cada semana. Há chance de encontrar o repolho assado com creme de couve-flor e gema curada. O menu à la carte foi completamente repaginado pelo chef Guto Lago, que comanda a cozinha da casa há seis anos. No jantar, o arroz caldoso de pato, chouriço e alho-poró é servido com uma coxa da ave (R$ 120,00). O prato harmoniza com o vinho francês Chevalier Du Terroir (R$ 184,00). Largo do Cruzeiro de São Francisco, 18, Pelourinho, ☎ 3322-4271 (40 lugares). 12h/22h. Aberto em 2007. $$$$

Vinoteca — Adega de Comer

Apesar de ter como principal vocação a venda de vinhos, o espaço também funciona como um bistrô e é conhecido pela versatilidade do cardápio, que muda semanalmente. Entre os pratos principais, o risoto de lagosta (R$ 73,00) é um dos preferidos da clientela. As sobremesas são fixas: cocada quente com sorvete ou panacota com calda de frutas vermelhas (R$ 18,90 cada uma). Para beber, o próprio cliente escolhe um rótulo na prateleira — há mais de 150 opções, vindas de países como Chile, Argentina, Grécia, Líbano e Itália. Destaque para o tinto português Cartucha 2015 (R$ 198,99). Shopping Alphamall, ☎ 3016-6534 (30 lugares). 11h/0h (seg. 13h/21h; fecha dom.). Aberto em 2012. $$$

NATURAL

Vida & Saúde

O restaurante segue uma filosofia natural, com boa oferta de pratos vegetarianos e veganos, além das opções sem glúten nem lactose. O caprichado bufê de almoço (R$ 39,00) é composto de receitas que variam diariamente. Há chance de encontrar suflê de tofu com tomate, torta de palmito com grão-de-bico, vatapá vegano, filé de lentilhas e bobó de couve-flor. Entre as sobremesas (cobradas à parte), fazem sucesso a torta de amêndoa com cacau e morango (R$ 6,00 a fatia) e o sorvete vegano de amendoim com ameixa (R$ 5,00 a bola). Anexo ao restaurante, há um empório que vende sementes, castanhas, amêndoas, biscoitos e leite vegetal (R$ 22,50 o litro). Avenida Estados Unidos, 18, sala 415, Comércio, ☎ 3497- 3304 (170 lugares). 7h/16h30 (fecha sáb. e dom.). Aberto em 1994. $$



Fonte: Veja