Botafogo opta por não renovar com Brenner, e Inter deve negociá-lo

Brenner - Inter


Envolvido na ida de Camilo para o Internacional, Brenner não jogará no Botafogo em 2019. De acordo com o apurado pelo LANCE!, a diretoria do Alvinegro já se reuniu com representantes do centroavante para comunicar que não há o interesse na renovação de empréstimo junto ao Colorado. 

Brenner encerrou a temporada entre os titulares da equipe de Zé Ricardo. A tendência é que o atacante de 24 anos seja novamente cedido pelo Inter no início da próxima temporada – por enquanto, ainda não há propostas oficiais. O técnico do Bota, aliás, chegou a comentar o atual cenário do setor ofensivo. 

– Aguirre tem contrato até o meio do ano. O Brenner vai depender da operação com o Internacional. O Kieza fica até o fim do ano que vem. A princípio são nossos atletas. Está subindo um menino que me chama muito a atenção: o Igor Cássio. Precisamos trabalhar ele, tem um potencial técnico muito bom, precisamos trabalhar o lado físico. Temos as peças, nos preocupamos mais pelo lado de campo. O Luiz tem uma característica de meio interessante também, o Pimpão, Erik e Ezequiel são jogadores mais de lado de campo. Talvez mais um ou dois jogadores que possam atacar e cair mais pelo meio, e um mais de velocidade sejam importantes por entendermos que são atletas muito cobrados fisicamente. Temos que ter boas opções – comentou Zé, em recente entrevista exclusiva ao L!, evidenciando a necessidade da chegada de reforços para o atacante, sobretudo sem Brenner. 

Na operação inicial para a chegada de Brenner, ocorrida em julho de 2017, o Botafogo ficou com 50% do percentual de uma futura venda de Camilo e com 20% dos direitos econômicos do atacante, que atuou em 64 jogos e marcou 16 gols pelo clube carioca. Com o Inter, seu vínculo expira em dezembro de 2020.

Brenner também não ficará no Internacional, sobretudo pela enorme concorrência no ataque do clube gaúcho (Foto: Divulgação)

A PASSAGEM DE BRENNER 

Ainda em 2017, Brenner chegou com a missão de compor o elenco de uma equipe que vinha embalada na Copa Libertadores, competição na qual só atuou no jogo da eliminação, o da volta contra o Grêmio. Aos poucos, assumiu a função de titular com o afastamento de Roger. Encerrou o ano passado com 19 gols, sendo 13 pelo Internacional, onde era o artilheiro até partir para o Rio.

Neste ano, Brenner, que quase acertou com o Nantes (FRA) por R$ 1,8 milhão, iniciou como titular, mas perdeu a posição para Kieza, então recém-chegado, ainda no Campeonato Carioca. Contudo, foi importante na reta final do Estadual, com gols decisivos, e passou a temporada revezando com K9 na referência – artilheiros e contestáveis, ambos anotaram dez gols em 2018. 

Brenner - Botafogo

A partida contra o Paraná, no dia 26 de novembro, foi a última de Brenner pelo Botafogo (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)





Fonte: Lance