Contrário a novo adiamento, secretário do Brexit pede demissão


Heaton-Harris era responsável pela preparação de uma saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo

O secretário de Estado para o Brexit, Chris Heaton-Harris, anunciou sua renúncia nesta quarta-feira (3), por divergir do pedido feito pela premiê Theresa May de um novo adiamento da saída da União Europeia.

“Votei constantemente no Parlamento para que deixássemos a União Europeia em 29 de março. Acredito, profundamente, que deveríamos ter honrado o resultado do referendo de 2016 e partir nessa data”, escreveu Heaton-Harris em sua carta de demissão publicada no Twitter, acrescentando que “simplesmente não pode apoiar uma nova extensão”.

Heaton-Harris era responsável pela preparação de uma saída da UE sem acordo.





Fonte: O Tempo