Deputado da base diz que governo Bolsonaro vive “momento de insanidade”


Fausto Pinato (PP-SP) diz não ser empregado do governo, ataca filhos e ministros do governo e diz que Onyx só recebe a “panela” no Planalto

access_time

15 maio 2019, 11h59

Deputado da base governista, Fausto Pinato (PP-SP) fez um duro ataque ao governo e sua forma de tratar os aliados, na manhã desta quarta. Disse não ser empregado do governo, afirmou que o ministro Onyx Lorenzoni não recebe parlamentares e só o pessoal da “panela” e criticou ministros e os filhos do presidente. Para ele, governo vive “momento de insanidade”.

Pinato também atacou o decreto das armas – ele esteve na solenidade no Planalto –  e Olavo de Carvalh “que governa de um twitter dos Estados Unidos”. O parlamentar disse que sua paciência esgotou. Ele durante sessão da Comissão da Agricultura, que preside.

“Não sou empregado do governo. Ajudei a eleger esse governo, como muitos aqui da comissão, e temos o dever de corrigir as loucuras e os impropérios e erros do governo. Quem elegeu Bolsonaro não foi só Olavo de Carvalho, não. Muitos aqui, inclusive eu. Mas não vou apoiar estratégia errada do governo, não. O Paulo Guedes veio aqui e falou em acabar com Minha Casa Minha Vida. O filho do presidente fala em bomba nuclear”.

Disse mais:

“A estratégia desse governo é desmoralizar esse parlamento?! O ministro da Casa Civil (Onyx) diz que atende deputado. Atende onde? Atende onde? Saiu daqui e não atende deputado. É só a panela. Minha paciência esgotou. Não sou empregado dele e não sou obrigado a ir nas loucuras de um governo que está passando por momento de insanidade”.

E afirmou que podem cortar suas emendas e tirar seus cargos.

“Se não me derem minhas emendas ou quiserem arrancar meus cargos, podem arrancar”.





Fonte: Veja