Fraga parabeniza Serra pelo bicampeonato e afirma que fez o que pode – Stock Car



Tocantinense era o único que podia tirar o título de Serra, mas não conseguiu tirar a desvantagem.

Após chegar na quinta colocação na corrida deste domingo, em Interlagos, Felipe Fraga ficou com o vice-campeonato da temporada 2018 da Stock Car. O tocantinense brigou pelo título até o fim com Daniel Serra, mas não conseguiu superar seu rival, que chegou exatamente na sua frente na corrida, em quarto.

Fraga sabia que sua situação era difícil, principalmente após se classificar apenas em 18º, enquanto Serra saía de terceiro. Mesmo com essa dificuldade, o piloto de 23 anos ficou feliz com o desempenho deste domingo e sai com sensação de dever cumprido, parabenizando o campeão, Daniel Serra.

“A corrida foi muito boa, larguei de 18º e cheguei em quinto, era o que a gente esperava depois da má classificação de ontem. Eu precisava chegar pelo menos entre os sete primeiros e torcer para acontecer alguma coisa com o Daniel (Serra). Eu fiz minha parte, só que mais uma vez ele fez uma boa corrida, foi muito consistente durante toda a temporada, eu acho que ele mereceu ser campeão, está de parabéns. Estou com a sensação de dever cumprido, a gente chegou aqui muito longe do Daniel, então o que me restava era fazer minha parte e eu fiz. Vamos continuar trabalhando duro, para ano que vem continuarmos a brigar por vitórias e título”, comentou.

Fraga contou que teve uma estratégia conservadora, para conseguir chegar o mais à frente possível, sem estragar o seu carro. Comparando com Lucas Di Grassi, que largou ao seu lado e logo nas primeiras voltas já estava entre os 10 primeiros, o piloto da Cimed Racing foi um pouco mais cauteloso.

“Largar muito atrás é complicado, a gente anda meio que no ritmo do pessoal, não tem muito o que fazer, o Lucas (Di Grassi), ele forçou muito no começo, mas no final ele já estava sem carro e ficou sem combustível. Eu economizei carro e push no começo da prova e no final cheguei à frente dele. Aqui na Stock não dá para começar rápido demais, pois vai faltar equipamento lá na frente. Então pra mim foi uma corrida perfeita, fiz o que eu podia fazer”, finalizou o vice-campeão.





Fonte: Lance