‘Game of Thrones’: atriz diz que ficou ‘dividida’ com desfecho de Cersei

A personagem Cersei Lannister, da série


Lena Headey afirmou que esperava uma participação maior de sua personagem no penúltimo episódio da série

Por Redação

access_time

13 maio 2019, 19h26

(Atenção: este texto contém spoilers do quinto episódio da oitava temporada de Game of Thrones)

Um dos pontos mais marcantes do episódio deste domingo 12, de Game of Thrones, foi a morte de Cersei Lannister, interpretada por Lena Headey. A despedida não ocorreu como os fãs esperavam: muitos especulavam que ela seria morta por Arya Stark (Maisie Williams) ou até mesmo por seu irmão gêmeo, Jaime (Nikolaj Coster-Waldau). A verdade, porém, foi muito mais crua, e a ex-rainha de Westeros morreu esmagada durante o confronto no qual Daenerys (Emilia Clarke) incendiou Porto Real.

Os fãs, no entanto, não foram os únicos a se sentirem decepcionados com o fim de uma das personagens mais importantes da série. Lena Headey, revelou, em entrevista à Entertainment Weekly, que também se sentiu dividida ao conhecer o desfecho de Cersei. “Eu queria que ela tivesse tido uma grande participação ou então que tivesse brigado com alguém”, revelou.

Mas a atriz mudou de opinião após conversar com Nikolaj Coster-Waldau, que dá vida a Jaime. “Quanto mais falávamos sobre o assunto, mais parecia o final perfeito para ela. Eles vieram ao mundo juntos e, agora, partem juntos”, afirmou.

A atriz também acredita que as cenas finais encerram de forma positiva o amor do polêmico casal. “Acho que a maior surpresa é que ele volta por ela. Cersei percebe o quanto ela o ama e o quanto ele a ama. Essa é a conexão mais sincera que ela já teve na vida. Por fim, eles pertencem um ao outro.” Além disso, para Headey, o desfecho de sua personagem também foi importante por ser “a primeira vez em que Cersei estava em paz”.

Lena Headey contou que o sentimentalismo da despedida do casal ultrapassou as telas e foi parar nos bastidores. “Eu disse para o Nikolaj: ‘Eu nunca te vi tão doce e sentimental’. Ele ficava se perguntando: ‘O que está acontecendo comigo?’. Nós continuamos a nos abraçar enquanto falávamos: ‘Eu te amo’. Foi estranho”, disse a atriz. “Existe um sentimento de perda, como se nada assim fosse acontecer novamente. Existia um sentimento enorme de luto e também muita gratidão.”



Fonte: Veja