Giro Veja: Bolsonaro pode demitir Onyx em caso de “denúncia robusta”



O novo governo se posicionou sobre a abertura da investigação para analisar denúncias de caixa 2 contra o futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. No início desta quarta-feira, o futuro vice-presidente, general Hamilton Mourão, disse que, se comprovada ilicitude, Onyx terá de se retirar do governo. Mas deixou claro que, por enquanto, ainda existe uma investigação. Questionado, o presidente eleito Jair Bolsonaro titubeou, entretanto, afirmou: “Havendo qualquer comprovação de uma denúncia robusta, contra quem quer que esteja no governo, ao alcance da minha caneta Bic, ela será usada”. O Supremo Tribunal Federal começou a investigação a pedido da Procuradoria-Geral da República. 

Giro Veja também destaca dados do IBGE que apontam que, o número de pessoas que ganham R$ 140 por mês aumentou em 2017. Agora, são pouco mais de 15 milhões que vivem na extrema pobreza. Isso representa 7,4% da população brasileira.

 

 



Fonte: Veja