Giro Veja: Liberdade de Lula e parcialidade de Moro em julgamento



O Supremo Tribunal Federal começou a julgar na tarde desta terça-feira o pedido de habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A defesa de Lula alega parcialidade do juiz Sergio Moro nas ações que levaram à prisão do ex-presidente. O pedido aconteceu depois de Moro aceitar ser ministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro. Se for atendido, a ação pode resultar na liberdade de Lula.

Giro Veja também destaca a abertura de um processo preliminar no STF para apurar caixa dois do futuro chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni. Esse era um pedido feito pela Procuradoria-Geral da República. Os delatores relataram repasses do grupo dono da JBS, em 2012 e 2014, que, juntos, poderiam chegar a R$ 300 mil. Também foram abertos processos para apurar condutas de mais nove parlamentares.

 

 



Fonte: Veja