Lenda do Beach Tennis disputa torneio em Niterói (RJ)



Um dos maiores nomes do Beach Tennis mundial estará presente na disputa do Rio Beach Tennis Tour na praia de São Francisco, em Niterói (RJ), evento jogado a partir desta sexta-feira, dia 26, e que termina no domingo, dia 28.

O italiano Alex Mingozzi, dono de mais de 150 títulos no esporte, formará parceria com o catarinense Daniel Schmitt. A competição tem parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer de Niterói, no estado do Rio de Janeiro, e conta com premiação de US$ 3 mil em premiação (R$ 11 mil) e dará hospedagem aos atletas principais atletas. O evento tem 282 atletas de 11 países e dez jogadores no top 10 do masculino e feminino. Além do Brasil o evento tem jogadores da França, Rússia, Alemanha, Chile, Argentina, Venezuela, México, Letônia e África do Sul.

Mingozzi é um dos grandes nomes do esporte, tem três títulos mundiais, foi número 1 do mundo e atualmente é o treinador da Seleção Brasileira de Beach Tennis. O italiano, radicado em Porto Alegre há três anos, comanda desde o ano passado o time nacional que levou ao segundo título Mundial por equipes na Rússia derrotando os italianos em final emocionante. Ele jogou dois eventos com Schmitt e foi campeão em Punta del Este, no Uruguai, e vice no Chile, ambos eventos de US$ 3 mil em prêmios.

“Daniel é um jovem de Santa Catarina, fizemos uma final e um título, tem muito potencial, tem boa postura em quadra, é um dos jovens mais promissores do Beach Tennis do Brasil”, disse Mingozzi: “Niterói será um torneio duríssimo, teremos várias das melhores duplas do mundo. Queremos ir bem, ganhar confiança com o Daniel. Vai depender da chave já que não seremos cabeças de chave, então pode ser mais difícil se pegarmos algum dos grandes favoritos logo de cara. Não tenho conseguido treinar muito, mas meu desempenho em quadra está sendo bom. Tive outras duas, três vezes oportunidades de fazer bons resultados este ano, não consegui, mas estou confiante”.

Mingozzi, que completou um ano a frente do time brasileiro, avaliou as possibilidades da equipe voltar a triunfar e conquistar o TRI Mundial na Rússia em agosto: “Ano passado foi incrível o título Mundial, mas não só isso pois ganhamos o título Pan-Americano invicto em todas as categorias e vencemos quatro medalhas de Ouro no Sul-Americano em Rosario. Teremos o Mundial de novo na Rússia, será bem difícil, cada ano mais difícil, mas temos o talento necessário para triunfar de novo. Estamos planejando com a CBT sobre o Mundial e depois os Jogos Mundiais da Praia em San Diego, nos EUA, um evento que será muito importante para o Beach Tennis em outubro e depois o Pan-Americano. O Brasil está melhorando o nível com bons jovens surgindo, os últimos eventos demonstram que o país está bem, temos dois, três nomes de bons jogadores com resultados nível internacional. O trabalho feito com a Seleção foi um bom incentivo para eles. Enxergo potencial enorme na gurizada de 12, 13 e 18 anos, tem vários bons que logo estarão no ranking mundial”.

Schmitt nasceu em Blumenau (SC) e começou a jogar Beach Tennis em 2015. Ele ocupa o 70º lugar no ranking e vem crescendo bastante com a parceria com o italiano: “Estou num bom momento da minha carreira. Fiz bons resultados nesse começo de ano. Esse ITF de Niterói está incrivelmente forte. Alguns dos melhores jogadores do mundo vão estar aí, então nosso desafio é muito maior, mas estou certo de que se jogarmos bem como vinhamos jogando podemos ter uma surpresa boa e um grande resultado”, destacou o brasileiro.

Rio Beach Tennis Tour começa nesta sexta-feira às 8h30

A praia de São Francisco começa a receber os grandes nomes do Beach Tennis a partir desta sexta-feira com a disputa do torneio ITF 0 com pontos no ranking mundial, além da disputa dos torneios de veteranos nas categorias 40+ e 50+ do amador a partir das 8h.

No sábado dá a largada no profissional o principal evento ITF US$ 3 mil + Hospedagem com a presença de dez jogadores entre os 10 melhores do mundo no masculino e feminino. Entre os homens o russo Nikita Burmakin, vice-líder do ranking, atuando com o italiano Tomaso Giovannini, terceiro colocado. Os dois formam a melhor dupla do mundo na atualidade. Luca Cramarossa, quinto do ranking e campeão em Niterói em 2017, atua com Mikael Alessi, sexto colocado. Alessi é o atual campeão Mundial jogando com o espanhol Antomi Ramos. No feminino presença da quarta do mundo, a paranaense radicada em Santa Catarina, Rafaella Miiller, número 1 do país, jogando com a quinta do ranking, a alemã Maraike Biglmaier. A italiana Nicole Nobile, forte nome da nova geração, sétima do ranking, atuando com a compatriota Veronica Casadei, 13ª. A carioca Joana Cortez, oitava, atua com a paranaense Marcela Vita, 11ª, além das italianas Eva D´Elia e Veronica Visani, empatadas em nono lugar.

Outros nomes fortes são Vinicius Font, ex-número 1 do mundo, atual 12º, que vem de título em Curitiba (PR) e que repete a dupla com o catarinense André Baran. Os santistas Thales Santos e Marcus Vinicius Ferreira, logo abaixo no ranking e que deram o ponto do título mundial do Brasil na Rússia ano passado, atuam juntos. O niteroiense Ralff Abreu, 33º e vice-campeão em 2017, joga com o carioca Diogo Carneiro. Entre os estrangeiros o torneio terá o campeão Europeu, o francês Theo Irigaray, 17º colocado.

As semifinais e finais acontecem no domingo a partir das 9h. Entre os amadores o evento com pontos no ranking nacional da Dupla Masculina e Dupla Feminina larga no sábado com finais no domingo. A final feminina acontece às 14h e a masculina a partir das 15h30.

“Tudo estará pronto para a sexta-feira, serão 20 quadras, atingimos nossa meta de número de atletas, perto dos 300, estamos felizes pois teremos um dos eventos mais fortes do mundo na categoria, se não o mais forte do mundo. Teremos jogos emocionantes e um grande final de semana”, disseram Daniela Bergamo e Esther Sanches, da agência Have Fun, organizadoras do torneio.

Torneio dá início a disputa por vagas na Copa das Federações

A competição também é importante aos atletas do estado do Rio de Janeiro. Será a primeira etapa onde os jogadores de todas as categorias no profissional e no amador vão somar pontos na busca por representar o estado na Copa das Federações que será jogada em outubro, evento organizado pela Confederação Brasileira de Tênis.

Confira a Programação do Rio Beach Tennis Tour:

26 Abril – Sexta-Feira

Profissional – Torneio ITF US$ 0

Feminino – 8h30 / Masculino – 9h30

Amador

Veteranos 40+

Feminino – 10h / Masculino – 12h

Veteranos 50+

Feminino 14h

Masculino 15h

27 de Abril – Sábado

Profisional – Torneio ITF US$ 3 mil

Feminino – 8h / Masculino – 10h30

Amador

Dupla Masculina e Feminina C – A partir das 8h

Dupla Masculina e Feminina B – A partir das 10h

Dupla Masculina e Feminina A – Masculino 12h e Feminino 14h

28 de Abril – Domingo

Profissional

Semi Finais – Feminino 9h e 10h / Masculino 11h30 e 12h30

Final Feminina – 14h / Final Masculina – 15h30

Amador

A, B e C – Semifinais às 9h e Finais às 10h

Dupla Mista – C e B a partir das 11h

Dupla Mista – A partir 11h30





Fonte: Lance