Mais de 7 mil pessoas aceitam a Cristo em cruzada evangelística – Gospel Planet


Se a Bíblia diz que há festa no céu quando apenas um pecador se arrepende e entrega a sua vida para Cristo, o que dizemos quando o número passa dos 7 mil? Esse foi o número surpreendente de pessoas que ao ouvir o Evangelho de Jesus Cristo decidiram se tornar cristãs.

Esses números são frutos do Festival Esperança, uma cruzada evangelística promovida pela Associação Evangelística Billy Graham (AEBG), realizado no período de 18 a 20 de abril em Cúcuta, na Colômbia.

Foram 7.550 pessoas no total rendidas ao Senhor. Porém, quase 100 mil ouviram o Evangelho durante os dias do evento, entre os presentes no estádio General Santander e os ouvintes e telespectadores online, distribuídos em 34 países.

“Nós vemos problemas econômicos no mundo, problemas políticos, vemos guerras, vemos fome, e nos perguntamos se existe um Deus e se Ele se preocupa conosco”, disse Graham à multidão no sábado de Aleluia.

“Jesus Cristo é a resposta”, disse ele. Franklin Graham segue o exemplo do seu pai, o lendário evangelista Billy Graham, que faleceu aos 94 anos no início do ano passado.

Com um estádio lotado de pessoas de vários países, incluindo muitos venezuelanos refugiados do regime ditatorial socialista de Nicolás Maduro, a cruzada foi uma grande oportunidade para muitos saberem que em Cristo está o verdadeiro sentido da vida.

Franklin Graham foi taxativo ao dizer que Cristo “não está mais pendurado na cruz. Ele está vivo. Ele está aqui esta noite, neste estádio. E se você estiver disposto a invocar o nome dele e confiar nele, Deus irá perdoá-lo de seus pecados. Você pode ter paz esta noite com Jesus Cristo”.

O evento contou com a participação de 450 igrejas que uniram forças para dizer em uma só voz que Jesus Cristo é a única esperança. “É ainda melhor do que eu esperava”, disse Edgar Miller, o pastor de uma congregação em Cúcuta.

Miller comemorou o sucesso da cruzada evangelística e disse que agora o objetivo é providenciar para que os milhares de convertidos sejam direcionados para às igrejas, a fim de serem discipulados.

“O próximo passo inclui igrejas locais contatando os novos cristãos e envolvendo-os em uma congregação”, disse ele, segundo informações da AEBG.

 

 





Fonte: Gospel Planet