MG tem queda de desemprego no 1º tri; desocupação aumenta em 14 Estados


Os piores resultados foram registrados no Amapá (20,2%), Bahia (18,3%) e Acre (18%)

Com o aumento na taxa de desemprego nacional no primeiro trimestre para 12,7%, 14 Estados tiveram alta na desocupação no período, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (16). 

As maiores taxas foram observadas no Amapá (20,2%), Bahia (18,3%) e Acre (18%), e a menores, em Santa Catarina (7,2%), Rio Grande do Sul (8%) e Paraná e Rondônia (ambos com 8,9%). Em São Paulo, a taxa de desemprego chegou a 13,5%.

Nas demais unidades da federação, houve estabilidade na taxa. As maiores variações foram no Acre (4,9 pontos porcentuais), Goiás (2,5 pontos porcentuais) e Mato Grosso do Sul (2,5 pontos porcentuais). 

Em relação ao mesmo trimestre de 2018, a taxa subiu em quatro Estados: Roraima, Acre, Amazonas e Santa Catarina (0,7 p.p.). E caiu em três: Pernambuco, Minas Gerais e Ceará. 





Fonte: R7