Presidente da Under Armour na América do Norte renuncia · Notícia · Máquina do Esporte


A Under Armour terá que trocar seu comando na América do Norte. Após dois anos e meio no cargo, Jason LaRose renunciou e deixará a presidência da empresa na região no final deste mês. Quem assumirá seu lugar será Patrik Frisk, atual diretor de operações da marca também na América do Norte.

Foto: Reprodução

LaRose assumiu a presidência da fabricante americana para os mercados dos Estados Unidos e do Canadá em outubro de 2016. Antes, o executivo havia sido o responsável pela transformação dos negócios da área digital da companhia.

De acordo com a imprensa americana, a Under Armour se mostra preocupada com a mudança, mas não pelo fato da saída de Jason LaRose ou a entrada de Patrik Frisk. A questão é que a América do Norte responde por 71% das vendas mundiais da marca e há o receio em relação às consequências de uma mudança no comando justamente na região, considerada o principal alicerce da empresa no mercado.

A Under Armour fechou 2018 com um faturamento de US$ 5,2 bilhões, 4% a mais do que em 2017. No entanto, encerrou o ano com prejuízos que alcançaram a cifra de US$ 46,3 milhões. As vendas na América do Norte caíram 2%, para US$ 3,7 bilhões, e mesmo assim representaram quase três quartos do faturamento total.

Para os próximos cinco anos, o objetivo da empresa é aumentar os números no restante das regiões espalhadas pelo mundo para que a América do Norte deixe de ter um peso tão grande no faturamento total da companhia. Como parte de um plano de transformação de negócios, espera-se que o mercado americano, especificamente, reduza a importância nas vendas globais do grupo em 17%.



Fonte: Maquina do Esporte