Quem investiu há 5 meses pode ganhar quase 50% no Tesouro Direto; entenda


SÃO PAULO – O mercado reagiu com otimismo à aprovação do texto da reforma da Previdência apresentada antes do fechamento do último pregão (14). Vista como acima das expectativas, a proposta refletiu positivamente no Ibovespa, que disparou 2,37%, no dólar, que despencou, e nas taxas de juros, que também caíram. 

Nesta manhã, os contratos de juros futuros estavam em queda. O DI com vencimento em janeiro de 2021, por exemplo, recuava 4 pontos base às 10h46, a 6,96%. O DI com vencimento em janeiro de 2023, por sua vez, caía 9 p.b., a 8,03%. Já o DI com vencimento em janeiro de 2025 afundava 12 pontos base, a 8,54%. 

Um dos títulos que mais apresentaram oportunidade de “ganhos turbinados” foram os Tesouro IPCA+ com vencimento em 2045. Quem investiu no papel no final de setembro pode ganhar 48% se vender hoje,  enquanto o CDI rendeu só 2,44% no mesmo período.

Já se o investidor tivesse comprado esse mesmo título no começo de janeiro, teria ganhado 11% em menos de 2 meses. Enquanto isso, o CDI rendeu 0,79%.

Já quem investiu no Tesouro IPCA+ com vencimento em 2024 (antiga NTN-B Principal) no início de outubro do ano passado ganharia 12% se vendesse o título hoje. Para ideia de comparação, o CDI rendeu 2,34% no período. Considerando uma janela de tempo um pouco menor, se o investidor tivesse aplicado no começo do ano, o ganho seria de 2,39%.

O professor do InfoMoney, Alan Ghani, afirma que as taxas podem cair ainda mais quando essa versão da reforma for aprovada. Mas alerta: “até lá teremos turbulência”. Segundo ele, o momento é bom para o investidor que quer embolsar o lucro, desde que opte por investir em outro título do Tesouro ou demais produtos financeiros. Se a ideia for vender e comprar o mesmo papel, Ghani recomenda manter até a data de vencimento.

Entre os títulos mais atrativos no momento, Ghani cita o Tesouro IPCA+ com vencimento em 2035. “Mas só se o investidor acreditar que a reforma vai passar”.

Como ter ganhos turbinados?

Com um texto da reforma da Previdência melhor do que o esperado, a notícia anima o mercado, que vê uma aprovação cada vez mais próxima. O efeito disso é uma queda nas taxas de juros, como se o mercado estivesse precificando que está “menos arriscado emprestar dinheiro para o governo”.

Resultado? Todo mundo começa a comprar. Com o aumento da demanda, o preço do papel sobe e a taxa de rentabilidade cai. E é aí que o investidor pode ter “ganhos turbinados” também na renda fixa – caso venda o papel antes da data de vencimento. Os investidores que mantiverem o papel até o vencimento, porém, receberão a taxa contratada no momento da compra.

Isso acontece quando compramos um papel a uma taxa de 10% ao ano, por exemplo, e a taxa do mercado para este título cai para 8% a.a. Nesse caso, dependendo do prazo, se vendermos o papel antes do vencimento, teremos um ganho muito acima da rentabilidade contratada de 10% a.a.

Ainda dá para ter ganhos turbinados no Tesouro Direto: abra uma conta na Rico e invista ainda hoje



Fonte: Infomoney