VW T-Cross terá quatro versões e custará entre R$ 84.990 e R$ 109.990


Os faróis totalmente em led são itens opcionais

Os faróis totalmente em led são itens opcionais (Divulgação/Volkswagen)

Demorou, mas enfim a Volkswagen está lançando o seu SUV compacto para entrar no segmento de mercado que mais recebeu lançamentos nos últimos anos.

O T-Cross já está sendo produzido desde janeiro em São José dos Pinhais (PR) e começa a ser vendido em abril. De acordo com o fabricante, o utilitário esportivo terá 70% de índice de nacionalização.

T-Cross enfim colocará VW no segmento de SUVs compactos

T-Cross enfim colocará VW no segmento de SUVs compactos (Divulgação/Volkswagen)

Mas, como se fosse para recuperar o tempo perdido, o fabricante resolveu promover uma pré-venda relâmpago do carro, nesta terça-feira (18), conforme antecipado em primeira mão por QUATRO RODAS.

Preços ficarão entre R$ 84.990 e R$ 109.990, em quatro versões. Haverá, ainda, um lote de 800 unidades reservadas para os primeiros clientes, por pré-venda, sendo 400 exemplares da versão Comfortline 200 TSI e 400 da Highline 250 TSI.

T-Cross terá opção de cor bordô

T-Cross terá opção de cor bordô (Divulgação/Volkswagen)

Confira as listas completas de equipamentos e valores:

T-Cross 200 TSI: R$ 84.990

Traz como itens de série: motor 1.0 turbo flex de 128 cv, câmbio manual de seis marchas, alarme, ar-condicionado manual, trio elétrico, direção eletricamente assistida, rodas de liga leve aro 16, barras longitudinais de teto e pneus baixa resistência ao rolamento.

Como itens de segurança estão presentes: seis airbags (frontais, laterais e de cortina), controles de estabilidade com assistente de partida em rampa e vetorização de torque, vidros elétricos com função um-toque e sensores de estacionamento traseiros.

Central multimídia é de série em todas as versões automáticas

Central multimídia é de série em todas as versões automáticas (Divulgação/Volkswagen)

Sistema de iluminação contará com faróis biparábola halógenos com acendimento automático, luzes diurnas em led, faróis de neblina com acendimento automático em curvas, lanternas traseiras em led e retrovisores externos elétricos com luzes de seta integradas.

Na parte de conectividade, o T-Cross básico vem equipado com o sistema Media Plus, que inclui Bluetooth, entrada USB, suporte para celular com entrada USB no painel, quatro alto-falantes e volante multifuncional.

 (Divulgação/Volkswagen)

Na cabine haverá ainda bancos revestidos em tecido, assento do motorista com ajuste de altura, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, computador de bordo e ganchos Isofix para cadeirinhas infantis.

Opcionais: Pacote Interactive I: Sistema multimídia com Composition Touch e dois alto-falantes extras, câmera de ré e sensor de estacionamento dianteiro.

T-Cross 200 TSI Automático: R$ 94.490

Acrescenta ao pacote anterior: caixa automática com conversor de torque de seis marchas, piloto automático e central multimídia Composition Touch com tela de 6,5 polegadas e projeção de celulares Apple e Android.

Opcionais: Pacote Interactive II: sensor de estacionamento dianteiro, câmera de ré e retrovisores elétricos com rebatimento automático.

T-Cross Comfortline 200 TSI Automático: R$ 99.990

Inclui: frenagem automática pós-colisão, sensores de estacionamento dianteiros, ar-condicionado digital, banco do motorista com regulagem de lombar, câmera de ré, monitoramento passivo de pressão dos pneus, rodas de liga leve aro 17, banco traseiro com angulação variável do encosto para aumento do volume do porta-malas, volante revestido em couro e borboletas para trocas manuais das marchas.

Versões Comfortline e Highline têm rodas aro 17 com pneus 205/55 R17

Versões Comfortline e Highline têm rodas aro 17 com pneus 205/55 R17 (Divulgação/Volkswagen)

Opcionais: Pacote Exclusive & Interactive: Sistema Discovery Media com GPS e tela de 8 polegadas com entrada USB adicional no console central, seletor de modo de condução, chave presencial e retrovisores com rebatimento elétrico. Pacote Sky View II: teto-solar elétrico panorâmico, espelho interno eletrocrômico e sensor de chuva e crepuscular. Pacote Design View: bancos de couro com detalhes em marrom e apliques no painel em bronze. Pacote Premium: Park Assist 3.0 (estacionamento automático em vagas paralelas, perpendiculares, de frente e ré), faróis full-led, e sistema de som Beats com subwoofer.

T-Cross Highline 250 TSI Automático: R$ 109.990

Adiciona: iluminação interna da cabine em led,, bancos revestidos em couro e detector de fadiga do motorista.

Opcionais: Pacote Innovation: painel totalmente digital, sistema multimídia Discovery Media com GPS e tela de 8 polegadas, entrada USB extra no console central e seletor de modo de condução. Pacote Skyview: Teto solar elétrico panorâmico. Pacote Tech&Beats: Park Assist 3.0, faróis full-led e sistema de som Beats com subwoofer.

Entre-eixos do SUV brasileiro é de 2,65 metros, o mesmo do Virtus

Entre-eixos do SUV brasileiro é de 2,65 metros, o mesmo do Virtus (Divulgação/Volkswagen)

Segundo a Volkswagen, compradores da pré-venda terão facilitações no financiamento. Para a versão Highline serão dados como brinde um cooler e uma bicicleta dobrável.

T-Cross Highline First Edition: R$ 117.490

O SUV compacto ainda terá um pacote First Edition limitado a 1.000 unidades, que estarão disponíveis apenas no período de pré-venda. Por R$ 7.500, ele incui teto, colunas centrais e retrovisores pintados de preto, rodas aro 17 diamantadas, quadro de instrumentos digital, seletor de modo de condução e central Discover Media com alto-falantes Beats.

Ainda é possível somar o pacote “Tech for First Edition” (R$ 4.200), que inclui Park Assist 3.0 e faróis full-LED; e o teto solar panorâmico Sky View (R$ 4.800). Completo, este T-Cross sai por R$ 126.490. 

Nas configurações mais caras, T-Cross traz até teto panorâmico

Nas configurações mais caras, T-Cross traz até teto panorâmico (Divulgação/Volkswagen)

Por fora, o T-Cross é ligeiramente menor que rivais como Hyundai Creta, Honda HR-V, Jeep Renegade e Nissan Kicks. Isso fica claro quando se comparam as dimensões de comprimento (4,20 metros), largura e altura (1,57 metro).

Painel é um pouco mais caprichado, mas ainda muito similar ao de Polo e Virtus

Painel é um pouco mais caprichado, mas ainda muito similar ao de Polo e Virtus (Alexandre Battibugli/Abril Branded Content)

Mas, quando se analisa a distância entre-eixos de 2,65 metros – a mesma do sedã Virtus, com quem o T-Cross compartilha a plataforma MQB A0 -, o modelo da Volkswagen supera todos esses concorrentes, ficando atrás apenas dos 2,67 m de Renault Duster e Captur.

Como o entre-eixos é uma distância que se relaciona ao espaço interno, o T-Cross acomoda melhor seus ocupantes, conforme já atestado por nossa reportagem ao andar com a configuração 1.4 TSI ainda camuflada.

T-Cross poderá vir com interior bicolor

T-Cross poderá vir com interior bicolor (Divulgação/Volkswagen)

O mesmo não se pode dizer do porta-malas, porém. Considerando os modelos acima, com 373 litros de capacidade, o T-Cross só supera rivais como Renegade, Citroën C4 Cactus (ambos com 320 litros) e Ford EcoSport (362 litros).

Culpa do balanço traseiro extremamente curto. Para compensar, a Volkswagen adotou um banco traseiro com dois níveis de angulação do encosto lombar, ajustáveis por uma trava manual, que elevam o volume a 420 litros.

Ainda assim, HR-V, Creta e Kicks passam dos 430 litros.

Desempenho

O T-Cross chega em duas configurações de motor: 1.0 TSI de 128/115 cv (etanol/gasolina) e 20,4 mkgf, ou 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 mkgf com qualquer combustível.

SUV compacto é produzido em São José dos Pínhais (PR)

SUV compacto é produzido em São José dos Pínhais (PR) (Divulgação/Volkswagen)

Sempre com tração dianteira, o T-Cross tem câmbio manual ou automático (ambos de seis marchas) para o motor 1.0, sendo sempre automático para o motor 1.4.

A Volkswagen só divulgou números de desempenho e consumo para o 1.4 TSI. O zero a 100 km/h é cumprido em 8,7 s e alcança máxima de 198 km/h, seja com gasolina ou etanol.

Quanto ao consumo, o T-Cross Highline (que pesa 1.292 kg) faz 11 km/l na cidade e 13,2 km/l na estrada com gasolina. Com etanol, são 7,7 km/l na cidade e 9,3 km/l na estrada.

Plataforma é a modular MQB e o entre-eixos, de 2,65 m, é o mesmo do Virtus

Plataforma é a modular MQB e o entre-eixos, de 2,65 m, é o mesmo do Virtus (Divulgação/Volkswagen)



Fonte: 4Rodas